O preparo da babosa variedade Barbadensis Miller

set 21, 2013

Sem títuloExistem alguns métodos de preparo da planta divulgados na mídia que não garantem a estabilidade dos elementos que abalizam os benefícios da babosa. Por isso, deve-se ter muito cuidado com receitas domésticas, pois o preparo inadequado pode trazer riscos à saúde.

O preparo da babosa começa no plantio. A planta deve ser cultivada em local seco, longe de dejetos de animais e sem uso de qualquer pesticida. A adubação pode ser realizada com as próprias folhas da planta macerada. Prefira sempre lugares ensolarados. Esta planta não gosta de excesso de rega. O melhor é a rega natural, ou seja, a chuva. Evite lugares encharcados.

A colheita manual da folha é realizada com uma faca limpa bem na base da folha, onde o gel não ficará exposto. Este cuidado protege o gel, que é a parte que nos interessa, de oxidar quando exposta ao ar e perder todas as propriedades.

lavando a folhaÉ importante lavar bem a folha antes de trabalhar nela. Pode usar um detergente suave para remover as impurezas.

O gel interno da folha de cor transparente é a parte benéfica à saúde. Ele é extremamente amargo e tem marcante odor. Para obtê-lo, fatia-se a parte da folha a ser usada (geralmente uma fatia de 5 cm) e cobre-se o restante da folha imediatamente com filme de PVC, deixando a folha no refrigerador para ser utilizada o mais breve possível. A parte verde da folha é toxica e deve ser desprezada, podendo ser usada na adubação.

Da parte fatiada retira-se a casca completamente, utilizando uma faca perfeitamente limpa. O filé gelatinoso obtido é lavado intensamente em água e está pronto para ser usado. O uso de colher pode trazer resquícios da folha que são tóxicos. À medida que se fatia a folha, deve-se desprezar a parte mais pontuda, pois a concentração de elementos tóxicos da casca é maior.

O consumo pode ser direto, simplesmente engolindo o gel. Pode-se também misturar com suco natural como, por exemplo, laranja ou limão, batendo os pedaços no liquidificador. Sucos cítricos contêm ácido cítrico que é um estabilizante natural.Também pode ser batido com frutas da estação ou suco de uva sem adição de açúcar. Para adoçar use mel de excelente qualidade. Nunca use adoçantes ou açúcar, pois comprometem as propriedades do gel. Se adicionar água, prefira água mineral sem gás e sem cloro ou flúor. O gel pode ser utilizado até 3 vezes ao dia.

O gel também pode ser usado em problemas de pele, queimaduras e feridas como auxiliar de tratamento. No caso, pode-se fatiar a planta com casca e tirar as fatias de gel ou simplesmente após a limpeza da folha ordenhá-la para a saída do gel e aplicação rápida sobre o local afetado. Após ser bem lavada, fatiada e descascada pode-se aplicar o gel no local ou esfregar sobre a área afetada cuidadosamente. Se bater o gel no liquidificador, pode usar a mistura para beber ou aplicar nas áreas afetadas. Nunca adicione frutas ou seus sucos no gel para passar na pele e depois se expor ao sol, pois este procedimento pode causar sérios danos. Sucos de frutas cítricas na pele exposta ao sol causam bolhas e queimaduras.

O gel da babosa pode ser ainda usado como agente rejuvenescedor ou para hidratação e restauração do cabelo. A máscara consiste em aplicar o gel da planta no rosto após a limpeza com produtos adequados. Para usar no cabelo, aplique o gel nas mechas úmidas e limpas e deixe agir.

Melhore seus conhecimentos sobre a planta e leia: Os benefícios da babosa

 

 

 

Comments

comments

8 Comentários

  1. a babosa serve para o tratamento de rugas , espinhas, acni , alergia nos braços, manchas nas mãos ? queria que me mandasse por email , pois tenho essa curiosidade !

    • Solange Bizzo

      A babosa é excelente tratamento para rejuvenescimento facial. A ingestão da babosa vai equilibrando o organismo de todas estas mazelas. Porém, a alimentação inadequada e falta de líquidos também contribui para toda sorte de doença. A dieta adequada e a ingestão de líquidos melhora o corpo. A babosa traz fortalecimento aos nossos órgãos, preparando para toda a sorte de doença.
      Em breve, estarei publicando tratamento facial com a babosa, passo a passo. Orientações dietéticas e uso de líquidos podem ser acessados em http://www.vivasemcancer.com.br .

  2. Lilian

    Uma sugestão. Sei que tem a vida muito ocupada, mas gostaria de sugerir, até porque é de meu interesse também saber certinho para não fazer nenhuma receita errada. Postar vídeo de como deve ser o preparo, a retirada do gel, até onde posso cortar, que parte não posso usar, etc. É que as vezes somente lendo podem surgir dúvidas ou fazer algum passo errado. Com o vídeo fica menor a chance de isso acontecer. Caso possa nos ajudar com esta ferramenta, eu particularmente ficaria muito agradecida! rs
    E parabéns pelo site, muito útil.

    • Solange Bizzo

      Sua sugestão é excelente, o problema realmente é o tempo. Desenvolvo muitas atividades e fica difícil produzir vídeos.Porém, logo que houver a chance postarei.
      Obrigada.

  3. Bruno

    Gostaria de saber, por gentileza, se o gel da babosa pode ajudar na recuperação do cabelo e reversão da queda, causada pela calvície? Ou passar no rosto o gel para hidratação e na melhora contra cravos? Obrigado

    • Solange Bizzo

      A queda de cabelo em homens tem com principais fatores a herança genética e erros alimentares. O excesso de gordura na alimentação aumenta a quantidade de sebo nas glândulas sebáceas e afeta a estética do rosto (cravos e espinhas) e cabelo, podendo acelerar a calvície. O uso oral de babosa com ingestão diária do gel, dieta com baixo teor de gorduras, alta ingestão de líquidos e máscara do gel no couro cabeludo e face ajudam a retardar danos aos folículos pilosos, diminui a estimulação das glândulas sebáceas e equilibra a saúde física como um todo. De início, retire os cravos com uma esteticista e siga fazendo uma máscara de babosa. Veja no site nas categoria O Preparo e, em breve, estarei publicando uma máscara para ajudar na recuperação dos folículos pilosos em Aloe Spa,também uma categoria do site.

  4. joaquim silva

    Dra. Solange,

    Parabéns pelo site.

    Preciso de sua ajuda. Tenho uma gastrite crônica a qual provoca alitose. Como devo usar a babosa para ajudar na solução desse problema?

    Grato,
    Joaquim

    • Solange Bizzo

      Joaquim,
      A halitose pode ser causada por gastrite, presença de H pylori, infecção crônica das amígdalas, problemas nos dentes ou gengivas e dieta alimentar inadequada entre outros. É aconselhável procurar um médico e um dentista para pesquisar todas as causas. Procure uma nutricionista pelo SUS ou convênio médico para avaliar se sua dieta está adequada.
      A babosa pode ajudar muito. Para isso, consulte em O Preparo como proceder ou adquira um produto de confiança. O ideal é ingerir 3 vezes ao dia, sendo uma em jejum e as demais com estômago vazio. Em caso de inflamação das gengivas, pode massageá-las com o gel, apos higiene adequada da boca.

Deixe Seu Comentário Abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*