Efeito da Babosa na cicatrização de feridas em diabéticos

jul 19, 2011

pé diabéticoQuando uma ferida surge no corpo uma série de reações acontecem no organismo para reparar o dano. Este processo é chamado cicatrização. Porém, no diabético esta reação é lenta ou bem inadequada devido à deficiência de insulina. A cicatrização da ferida fica, pois, muito prejudicada.

Os diabéticos apresentam uma deficiência na cicatrização de feridas, tanto por alterações do colágeno e metaloproteinases, como por distúrbios imunológicos relacionados à ação de defesa insuficiente das células polimorfonucleares.

Observa-se que a cicatrização piora quando os níveis de açúcar no sangue estão alterados e sem controle há algum tempo. Pessoas de mais de 60 anos com diabetes descontrolado podem desenvolver o pé diabético, que está associado também a alterações neurológicas.

 

No Japão, a Escola de Ciências Veterinárias da Universidade de Gifu realizou um estudo sobre cicatrização em ratos diabéticos tipo II, administrando por via oral a Aloe vera. Os ratos foram divididos em dois grupos: um grupo contole (sem aloe vera) e outro onde foi administrado Aloe vera. As feridas eram medidas em dias diferentes e foi observado que substâncias cicatrizantes foram mais ativas nos ratos que ingeriram Aloe vera.

Para ver o resumo do estudo clique aqui.

Leia também:

O Preparo da babosa

Imagem: www.freeimages.com.br

 

Comments

comments

Deixe Seu Comentário Abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*