O Consumo Regular de Babosa Pode Evitar Ganho de Peso

ago 8, 2013

A pessoa obesa vive em um estado inflamatório crônico que acaba por influenciar todo o metabolismo. A grande massa de gordura localizada acaba por fabricar elementos de resposta inflamatória que prejudicam o funcionamento do organismo. Daí, o surgimento de doenças como diabetes,câncer e outras. Erros alimentares são a principal causa do aumento de células de gordura, tanto em número quanto em tamanho. Os mecanismos de inibição da formação de células de gordura têm sido estudados. O controle do estado inflamatório do obeso tem sido um desafio para os cientistas. Aloe vera (babosa) adicionada à dieta parece diminuir a formação de células de gordura. Isto foi observado em um estudo científico, onde a babosa ativou uma via do metabolismo que suprime a resposta inflamatória da obesidade em ratos obesos.  Desta forma as enzimas fabricadas em músculos...

leia mais

Considerações sobre a obesidade

ago 9, 2011

 Obesidade é considerada atualmente uma enfermidade e é constituída por acúmulo anormal de células gordurosas no organismo. A Organização Mundial de Saúde reconhece a obesidade como um problema de saúde pública. O aumento do número de obesos é um fenômeno mundial e sem sombra de dúvidas está associada a inúmeras doenças e mortalidade prematura. O indivíduo obeso apresenta gradual decréscimo da qualidade de vida, aumento da procura a atendimentos na área de saúde, absenteísmo escolar ou profissional, limitação da prática desportiva, deterioração das relações interpessoais, depressão, isolamento. Se por um lado o obeso é pejado como um guloso e insaciável, por outro lado nosso país não desenvolve campanhas sobre hábitos saudáveis em qualquer nível da saúde humana. Pergunte a um obeso o que ele sabe sobre a pirâmide alimentar e principalmente se ele sabe...

leia mais

Babosa: Resposta Inflamatória à Obesidade & Resistência à Insulina

ago 2, 2011

A síndrome metabólica atualmente é definida como um conjunto de distúrbios que aumentam o risco de doenças vasculares e inclui a obesidade,  dislipidemia (aumento de colesterol e triglicerídeos, entre outros), resistência à insulina, hipertensão arterial. Ela pode se estender desde a infância até a vida adulta e senilidade, porém existem estudos que levantam a possibilidade dela já se iniciar na vida fetal. A síndrome metabólica vem aumentando sua incidência e responde pelo aumento de risco em duas vezes na mortalidade geral e três vezes na mortalidade por doença cardiovascular. A resistência à insulina integra o quadro de síndrome metabólica apresentado pelo obeso, como já exposto, e é acompanhada pela hiperglicemia e hiperlipidemia (aumento de colesterol e triglicerídeos, entre outros), além de várias outras disfunções. Cientistas coreanos estudaram o efeito do gel de Aloe vera (babosa)...

leia mais